Congresso Fotografar 2011

Foi em abril mas vale a pena o registro !

Tudo conspirou a favor: vontade de ir, incentivo de amigas, companhia garantida! E claro ao meu marido que ajeitou a sua atribulada agenda de trabalho para ficar com as crianças no período em que eles não estavam na escola. Tudo para que eu passasse um dia inteiro ouvindo e respirando “fotografia”.

Era uma semana toda de congresso, mas escolhi a Super-Quarta, já que tinha os assuntos me interessavam mais: estúdio, retratos, lifestyle. Depois de feita a inscrição os dias passaram devagarinho mas finalmente o congresso chegou.

Fui para São Paulo na tarde anterior, com calma e ainda curti a companhia e um ótimo papo com duas amigas de longa data: a Gi e a Gi. Obrigada Gi pela acolhida ! Na quarta, apesar da insônia (acho que devido a um chocolate quente que tomei de noite e também à ansiedade…), cheguei cedo ao congresso e com muita tranquilidade. Nem peguei trânsito, andei a pé algumas quadras da casa da Gi até lá, uma maravilha não?

Vou resumir um pouco de cada uma das palestras.

Beth Jansen – Fotógrafa americana. Foi como o dia começou, sensacional. Ela é muito simpática, falava com calma. E tinha tradutor, ou seja, perfeito rs. Ela se inspira em moda, arte e design. Acha o minimalismo chato, ama cores, surrealismo e é antenada nas tendências. Faz três tipos de fotos: newborns, babies (até 2 meses), crianças (bebês acima de 6 meses)/adolescentes. Fotografa em locações (casa do cliente, parques, zonas urbanas e rurais), todas as fotos são lindas, coloridas, cheias de vida. Se a sessão é na casa do cliente por exemplo, faz um tour por lá, busca a melhor luz, arrasta móveis (deve ser uma loucura rs), traz objetos, mantas, almofadas, etc coisas que contem a história do cliente. Algumas coisas ela leva do seu próprio acervo se o cliente diz que não tem. E ela que ama trabalhar assim, cada dia num lugar, porque se entendia muito facilmente e assim o trabalho fica sempre diferente, nunca é a mesma coisa. Ela pede para os clientes levarem toneladas de roupas e ela faz o styling, escolhe o que combina com o “cenário”. Deu também ótimas dicas de como fotografar newborn, mostrou as poses.

Essa foi a atração internacional, especialíssima! Daí houve uma looonga pausa do almoço. Quatro horas !

Manoel Guimarães – É “o” cara do estúdio, super talentoso. Mostrou várias fotos, como posicionou as luzes, essas coisas. Fotos maravilhosas, estúdio idem, 10×10 pé direito de 5m, piso de fórmica branca. Sonho total. Falou que faz umas 10/12 sessões por dia, cada uma de 45/50 minutos, já imaginaram a canseira ? Pensa muito em números mas é muito simptático rs. Eu tive a oportunidade de ser fotografada por ele em 2003, numa de suas idas a São Paulo. As fotos são perfeitas ! Aliás, recomendo a todos que pelo menos uma vez na vida sejam fotografados por fotógrafos profissionais. Faz toda a diferença ! 😉

Estúdio Sensação: negócio de família, cenários, fotoprodutos… confesso que nem curti tanto assim. Achei as propostas interessantes, mas os cenários mostrados foram muito exagerados. Mas gosto não se discute. Pra mim, menos é mais !

Erika Verginelli – fofa, super simpática, sotacão carioca, sorriso lindo! A palestra foi muito bem preparada e super útil: branding, como fortalecer sua marca. Falou sobre consistência, estilo, design. Observei que não só ela como mais uns três palestrantes falaram muito em consistência, estilo e design ! Amei demais essa palestra !

Pepe Figueroa – filmes feitos com DSLR. Fiquei só um pouco, estava realmente cansada de ficar sentada e meus joelhos já estavam doloridos e fui andar um pouco pela feira. Mas deu pra ver que ele é muito bom, além de divertido !

Drica Lobo – fotos publicitárias e de crianças. Adorei a doçura dela, me tocou bastante. Quanta emoção e carinho ela passa nas suas palavras e fotos. Gostei muito !

Fernanda Petelinkar – ah como é querida! Os slideshows são de secar de tanto chorar e o amor dela pela profissão exala pelos poros. Ela começou fotografando casamento, aquitetura e decoração e agora, família. Amei essa frase aqui: “outras coisas mpodem nos modificar, mas nos começamos e terminamos na família”. SHOW !!! A palestra foi basicamente sobre a vida dela, como começou a fotografar, porque fotografar, processo criativo dela, o estilo. Foi a última palestra do dia, que terminou às 21h.

E o dia foi tão intenso e maravilhoso, me emocionei várias vezes com os relatos, me segurei para não soluçar porque estava ao lado da Carina e da Carol o tempo todo e tive vergonha rs. Me identifiquei com várias histórias contadas e voltei para casa com a cabeça a mil, fervilhando de ideias !!

[momento tiete mode ON] Durante o dia pude abraçar várias arrobinhas já conhecidas.

Da esquerda para a direita: eu e minhas amigas queridas loucas, Gabi Butcher, Dani e Carina. E na outra foto estou entre Carol Avon e Giseli Ribeiro. Passei o dia inteirinho ao lado de Carina e Carol !! Amei tanto !

E aqui com Erika Verginelli e Fernanda Petelinkar. (Obrigada Carina pelas fotos !)

[momento tiete mode OFF] 🙂

Resumindo tudo em uma única palavra: AMEI !! Quero outra vez ! E gostei tanto que depois do congresso fiz alguns workshops que vou detalhar por aqui aos poucos ! 😉

Até mais !


Leia também:
Paula Francovig15/11/2011 - 5:14 pm

Ana!!!! Amei o seu relato sobre a feira e confesso que fiquei frustrada por não ter participado!!!! Que legal saber que você já fez fotos com o Manoel Guimarães!!! Mostra aqui pra gente ver!!!
Beijinhosss!!!!

erika verginelli20/11/2011 - 11:11 am

Aninha lindaaaa! Agora que eu vi issooooo! Adorei! E amei te conhecer nesse dia e depois melhor no meu workshop! Vc é que é fofa, amei o blog! Vc vai longe! Bjs mil, Erika 🙂

Ana Reis20/11/2011 - 2:56 pm

Obrigada Paulinha ! Obrigada Erika !
🙂
Beijos mil !

[…] (typeof(addthis_share) == "undefined"){ addthis_share = [];}Eu já disse aqui que a palestra da Érika na Fotografar 2011 foi excelente e quando eu soube que ela daria um […]

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

*

*

N o v i d a d e s